domingo, 8 de junho de 2008

Memórias Cinematográficas de Machado de Assis

CAIXA Cultural apresenta
MEMÓRIAS CINEMATOGRÁFICAS DE MACHADO DE ASSIS
10–22 JUN 08

CAIXA Cultural · Cinemas 1 e 2
Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, Rio de Janeiro
Tel. (21) 2544-4080 / caixacultural.rj@caixa.gov.br

Em 1908, ano da morte de Machado de Assis, foi feito o primeiro filme de ficção brasileiro. Não era uma adaptação de sua obra. Foram necessários mais trinta anos para que Machado tivesse uma obra sua adaptada para o cinema. O marco é de Humberto Mauro, com seu Um apólogo: Machado de Assis (1939), filmado por ocasião do centenário de nascimento do autor. De seu centenário de nascimento ao seu centenário de morte, Machado de Assis, maior autor brasileiro do século XIX, referência fundamental da cultura brasileira, se consolidou como uma referência, também, para nosso cinema. Foram filmadas dezenas de longas e curtas, seguindo as mais diversas propostas estéticas. Tais filmes desempenham a função de uma memória póstuma de Machado, apresentando, de acordo com os anseios de quem evoca essa referência anterior, novas possibilidades para sua obra – recriando-a e reformulando-a. E sempre atualizando-a, posto que todo filme fala mais de sua época do que de qualquer outra, inclusive daquela que ele representa. Que textos foram adaptados em cada época? Quais as estratégias de adaptação? O que os cineastas propunham com esses filmes? Para se pensar nessas e outras questões, para relembrar alguma trama de Machado, para ver filmes, para comparar com os textos originais, enfim, qualquer que seja a motivação, todos estão convidados a vivenciarem essas Memórias cinematográficas de Machado de Assis.

Entrevistas e artigos no site da mostra: http://imagemtempo.com.br/ma/


------------------------------------------------------------------------------------

PROGRAMAÇÃO

TER, 10 JUN
18h O enfermeiro, de Mauro Farias
20h Programa de curtas 1

QUA, 11 JUN
18h Dom, de Moacyr Góes
20h A cartomante, de Alexander Vancellote + A cartomante, de Marcos Farias

QUI, 12 JUN
18h A cartomante, de Cláudio Costa Val +
A cartomante, de Wagner Assis e Pablo Uranga
20h Machado de Assis, alma curiosa de perfeição, de Maria Maia

SEX, 13 JUN
16h Confissões de uma viúva moça, de Adnor Pitanga
18h Programa de Curtas 2
20h Viagem ao fim do mundo, de Fernando Coni Campos

SÁB, 14 JUN
16h Memórias póstumas, de André Klotzel
18h Capitu, de Paulo César Saraceni
20h Quincas Borba, de Roberto Santos

DOM, 15 JUN
16h O Rio de Machado de Assis, de Sônia Nercessian e Kika Lopes
18h A causa secreta, de Sérgio Bianchi
20h Machado de Assis, alma curiosa de perfeição, de Maria Maia

TER, 17 JUN
16h Capitu, de Paulo César Saraceni
18h O demoninho de olhos pretos, de Haroldo Marinho Barbosa [pré-estréia>
em seguida Encontro com cineastas: debate com Paulo César Saraceni, Haroldo Marinho Barbosa e Roman Stulbach

QUA, 18 JUN
18h A cartomante, de Cláudio Costa Val +
A cartomante, de Wagner Assis e Pablo Uranga
20h Dom, de Moacyr Góes

QUI, 19 JUN
16h A cartomante, de Alexander Vancellote + A cartomante, de Marcos Farias
18h Confissões de uma viúva moça, de Adnor Pitanga
20h O Rio de Machado de Assis, de Sônia Nercessian e Kika Lopes

SEX, 20 JUN
16h Hoje tem felicidade, de Lisiane Cohen + Memórias póstumas, de André Klotzel
18h Brás Cubas, de Julio Bressane
em seguida Adaptação literária: palestra com José Carlos Avellar

SÁB, 21 JUN
16h Viagem ao fim do mundo, de Fernando Coni Campos
18h Programa de curtas 1
20h O enfermeiro, de Mauro Farias

DOM, 22 JUN
16h Quincas Borba, de Roberto Santos
18h Quanto vale ou é por quilo?, de Sérgio Bianchi
20h Programa de curtas 2

--------------------------------------------------------------

Programa de curtas 1
Missa do Galo, de Roman Stulbach
Hoje tem felicidade, de Lisiane Cohen
Coda, de Flávio Barone
Idéias de canário, de Marcelo Vicentin

Programa de curtas 2
Um apólogo: Machado de Assis, de Humberto Mauro
A cartomante, de Alexander Vancellote
A cartomante, de Cláudio Costa Val
Uma cartada de morte, de Afonso Bernarde


curadoria Eduardo Ades
produção executiva Matheus Carvalho Ramalho
coordenação de produção Gisella Cardoso
produtoras-assistentes Bianca Zanoni e Ingrid Lemos
estagiários/monitores de sala André Sandino, Natália Dias e Raphael Freire
assessoria de comunicação Andrea Cals
design visual Thiago Lacaz
revisão de texto Rachel Ades
revisão de cópias Cristina Mendonça

fonte: http://imagemtempo.com.br/ma/

Abraço,

Ricardo Riso

2 comentários:

Luiz disse...

Ricardo,
Tudo bem?

Foi uma ótima mostra mesmo. A boa notícia é que o filme O Demoninho de Olhos Pretos, baseado nos Contos Fluminenses, de Machado de Assis, estréia no dia 28 de novembro. Já tem até trailer disponível: www.moviemobz.com/demoninho

Um abraço.

Ricardo Riso disse...

Oi, Luíz!
Que ótima notícia! Muito obrigado pela informação.
Sei que os curtas estão disponíveis no site portacurtas - www.portacurtas.com.br
Obrigado pela visita!
Abraços,
Ricardo Riso